terça-feira, 15 de maio de 2018

A Capela de São Sebastião da Limeira


Próximo ao local conhecido como a Porteira do Tanque à esquerda da estrada que leva a Perdões por iniciativa dos fazendeiros locais em 3 de maio de 1929, tendo a frente o Sr. Olintho Custódio Pereira foi realizada uma cerimônia para se levantar um Cruzeiro. A cerimônia iniciou-se às 13 horas seguindo a Oração do Terço e um leilão. Participaram muitas pessoas entre Ribeirenses, Lavrenses e Perdoenses que se juntaram ao pé do Cruzeiro. Foram oferecidos aos presentes finos doces feitos em tachos e fornos na fazenda do Sr Olintho. No entorno do Cruzeiro foi construída a Capela de São Sebastião da Limeira em terrenos doados por Geraldo Custódio Pereira em 6 de Outubro de 1934. A comissão encarregada da construção da Capela foi designada pelo vigário da Paróquia, Pe. João Parreira Villaça e era composta por Antônio Custódio Pereira - Presidente, Geraldo Custódio Pereira -  Vice-Presidente, Eupídio Custódio Pereira - Tesoureiro, Antônio Ribeiro - Secretário e Urbino Custódio Pereira - Provedor. Conta o população local que até a década de 80 ainda eram celebradas missas na Capela. Conforme mostrado nas fotos abaixo, nota-se que a capela encontra-se em estado lamentável. Estavam sendo realizadas obras de restauração da Capela através da Secretaria de Cultura da Prefeitura de Ribeirão Vermelho. Porém conforme informações as obras foram paralisadas devido a falta de recursos e repasses de verba por parte do Estado e da Federação e não tem previsão de conclusão.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem aqui!